Buscar
  • Monica Teófilo

O inevitável e sua falta de coragem

Hoje facilitei um grupo com o tema conversas corajosas (também conhecido como feedback ou conversas one2one).


Ao final do encontro, um líder trouxe um dilema que está me fazendo pensar até agora...

"Como lidar com a quantidade de coisas pra fazer? É inevitável estar em reuniões, treinamentos, encontros e não estar fazendo outras coisas simultaneamente."


Parei para refletir, o que é realmente inevitável na nossa vida?


Na minha reflexão pouquíssimas coisas são inevitáveis. Todas as outras são ESCOLHAS!


Vem comigo.


Se você tem uma série de bolinhas quicando ao seu lado e que só você pode resolver, você já sabe que não vai dar conta.


Se você escolhe passar X horas em uma reunião que você não tem ideia de qual o seu papel. Você não vai dar conta.


Você precisa entender onde você agrega valor. O que você faz que te diferencia enquanto profissional. E quando descobrir isso, escolher onde você vai focar a sua energia.


Enquanto você acreditar que esse comportamento e essa demanda é inevitável, você vai continuar tentando ser super herói. Cansado, doente, com poucas relações de confiança e sem se destacar profissionalmente.


O que esse tema tem a ver com conversas corajosas?


Você pode pensar que nada. Que esse é um tema para planejamento, foco, produtividade, gestão do tempo. Mas na verdade ele tem a ver com coragem. Coragem de dizer não. Coragem de lidar com a ansiedade. Coragem de encarar seus medos e claro, coragem pra ter conversas com quem está te demandando (e que talvez nem seja sua responsabilidade).



Algumas reflexões: pelo que você quer ser lembrado? Quais são as suas escolhas? Qual batalha você quer enfrentar? Como você age de maneira protagonista na sua vida?

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

©2020 por TEÓ Pensamento Sistêmico.